Follow by Email

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

GREEN SHEIKH ACADEMY CHEGA A PORTUGAL EM PARCERIA COM O JARDIM ZOOLÓGICO






Com o intuito de promover o intercâmbio cultural e ambiental, no dia 13 de setembro, a Green Sheikh Academy chegou a Portugal (GSA Portugal) em parceria com o Jardim Zoológico, dando início a um projeto global marcado pela cidadania e respeito pela Natureza. Uma associação entre duas entidades que visa desenvolver competências como a liderança, a interculturalidade e a cidadania, bem como a aquisição de ferramentas práticas que permitam uma participação ativa na conservação da Natureza entre jovens.

A Green Sheikh Academy em Portugal resulta da motivação conjunta entre o Jardim Zoológico e o Sheikh Abdul Aziz bin Ali Al Nuaimi, membro da família real de Ajman, nos Emirados Árabes Unidos e agente de mudança na defesa do ambiente e na sustentabilidade do Planeta.




A plantação de uma árvore simboliza o empenho do Jardim Zoológico em colaborar com a Green Sheikh Academy Portugal e reforça o compromisso com o planeta Terra. O Green Sheikh – um orador de excelência – viaja há 30 anos pelo Mundo fora, fazendo ecoar as suas palavras inspiradoras sobre temas como o ambiente e a sustentabilidade, cidadania e interculturalidade, com o contributo de um mundo melhor, maximizando uma mudança ambiental global e criando possibilidades infinitas para as gerações futuras.

Um alerta que surge para consciencializar o Mundo da forte ameaça à sustentabilidade do planeta e à sobrevivência da espécie humana, que se deve a fatores como a perda da biodiversidade, da destruição dos habitats, das alterações climáticas e da extinção das espécies animais e vegetais.

Segundo a Dra. Antonieta Costa, responsável pela área pedagógica do Jardim Zoológico “A GSA Portugal e os seus parceiros estratégicos constituem uma oportunidade de desenvolvimento interpessoal que se reflete na comunidade global e na sustentabilidade do Planeta. É um orgulho associarmo-nos a uma instituição que partilha dos nossos valores e que amplia a consciencialização e favorece a mudança comportamental face aos ecossistemas. Temos a certeza que esta é uma parceria que terá ação direta sobre as comunidades e na Natureza, permitindo a construção de um mundo melhor através das novas gerações”

Já para o Sheikh Abdul Aziz bin Ali Al Nuaimi “Esta parceria estratégica e sustentável entre a GSA e o Jardim Zoológico irá trazer várias oportunidades a jovens em Portugal e no mundo, para conseguirem promover uma mudança positiva na sua comunidade e ambiente, através de iniciativas pró-ativas e projetos sustentáveis, que podem criar um futuro melhor”*.





Mais de 125 milhões de pessoas visitam os Zoos e Aquários Europeus todos os anos. O Jardim Zoológico tem a oportunidade de alertar milhares de visitantes para a importância da conservação da Natureza, apresentando um papel fundamental ao despertar a população que o visita para a importância da conservação da vida selvagem, um objetivo que agora se reforça com o apoio da GSA Portugal.


*Citação original | Sheikh Abdul Aziz bin Ali Al Nuaimi
“ This strategic and sustainable partnership between GSA and Lisbon Zoo, will open up opportunities for young leaders in Portugal and the world, to make a positive change for their community and environment, through proactive initiatives and sustainable projects, that can create a better future. “





terça-feira, 5 de setembro de 2017

A EXTRAORDINÁRIA VIAGEM DO LEOPARDO GASPAR





Pela primeira vez na história, um Zoo Europeu transfere para o Irão um Leopardo-da-pérsia, contribuindo assim para a formação de uma população geneticamente viável.


No âmbito do programa de reprodução ex-situ (EEP) criado pela EAZA (Associação Europeia de Zoos e Aquários), o Jardim Zoológico transferiu, no passado dia 29 de Agosto, um Leopardo-da-pérsia para o Zoo do Teerão, no Irão. Com uma importante missão de conservação, o Leopardo Gaspar percorrerá mais de 6000 km, a fim de reproduzir com uma fêmea do EEP, a Kija, e, dessa forma, contribuir para a continuação da espécie no nosso planeta.


© Rota do Gaspar de Lisboa, até ao Zoo de Teerão | 29.08.2017



O TRANSPORTE


Para que o transporte seja realizado com a maior tranquilidade possível, o Leopardo-da-pérsia Gaspar, nascido em Lisboa há 8 anos, cumpriu um longo período de habituação à caixa de transporte, construída de acordo com rigorosas especificações técnicas para animais desta espécie. Adicionalmente, a sua “nova casa” foi inspecionada e aprovada pelo Consultor Veterinário do EEP, com apoio técnico do CLRAG (Caucasian Leopard Reintroduction Advisory Group), e foi facultada uma formação específica em maneio de felinos selvagens à bióloga iraniana que irá receber e acompanhar o Gaspar em Teerão.




O PROGRAMA DE REPRODUÇÃO E REINTRODUÇÃO


O programa de reprodução no qual esta transferência se insere, coordenado desde 2013 pelo Jardim Zoológico, gere uma população de 91 Leopardos-da-pérsia em 43 Zoos Europeus. O aumento significativo do número de Zoos com esta espécie nas suas coleções e, consequentemente, o crescimento da população, permitirá num futuro breve ter mais Leopardos disponíveis para participarem no Programa de preparação e habituação à Vida Selvagem, realizado actualmente no Centro de Reprodução de Leopardos de Sochi, na Rússia, bem como aumentar o número de Leopardos reintroduzidos no Cáucaso – a primeira reintrodução de Leopardos-da-pérsia  ocorreu a 15 de julho de 2016 no Cáucaso Russo, sendo um dos três animais reintroduzidos, descendente de um casal do Jardim Zoológico.



© Zoo de Teerão | Kija
Atualmente, a população selvagem do Leopardo-da-pérsia está ameaçada, classificada como Vulnerável na Lista Vermelha da IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza). A sobrevivência desta e outras espécies depende, muitas vezes, da manutenção de animais sob cuidados humanos, a sua reprodução e formação de populações saudáveis e geneticamente viáveis, asseguradas pelos Zoos.




© Jardim Zoológico | Gaspar

O Jardim Zoológico acredita que o Gaspar irá cumprir a sua relevante missão, ajudando assim a atingir dois grandes objetivos do programa EEP: o crescimento da taxa de natalidade e o melhoramento da composição genética da população em Zoos de Leopardo-da-pérsia.